sábado, 30 de agosto de 2014

A natureza em sua forma original

O reaproveitamento de troncos e pedaços de madeira que foram descartadas pela própria natureza tem gerado peças de decoração belíssimas que apresentam características esculturais e exclusivas para o mobiliário. Elas estão presentes na maioria das mostras de decoração, como foi o caso da Casa Cor São Paulo deste ano, cujos objetos destacamos aqui, e podem estar em sua casa. 


Foto: André Monteiro



Utilizada pela arquiteta Carla Arigón Felippi, no Living da Imprensa, a mesa Raiz foi desenvolvida pelo designer Juliano Guidi com resíduos de Imbuia, que é considerada uma madeira nobre de alta qualidade. 










Foto: Rafael Renzo





Já a mesa escolhida por Alessandra Marques e Rodrigo Costa para o Lounge de Entrada é da Tora Brasil, feita em  madeira bruta com pés em acrílico. 










Foto: Rafael Renzo


Eles também optaram inserir neste mesmo espaço uma mesa de centro com borda orgânica em madeira Pequiá, da Tora Brasil. Praticamente uma fatia de tronco no ambiente, trazendo todo o charme da natureza para o espaço interno. 







Foto: Rafael Gap



Na Adega, o arquiteto Bruno Gap selecionou a fruteira com design de Pedro Petry, da Vermeil para inserir um aspecto natural e rústico ao seu ambiente.  









Fotos: Rafael Renzo
No Banheiro Público, elaborado por Claudia Alionis e Eduardo Bessa, da Cactus Arquitetura, foi utilizado um banco que faz parte do coleção de criações da designer Mônica Cintra. Ela apresenta mobiliários a partir de cascas e raízes envelhecidas e esculpidas pelo tempo, transformando-as em verdadeiras obras de arte. Este banco, além de possuir um lindo aspecto natural, ainda deixa o ambiente mais aconchegante por ter embutida nele uma lareira a etanol.  


Foto: Rafael Renzo
No Lounge Gourmet, criado para a marca Brastemp, novamente os arquitetos Alessandra Marques e Rodrigo Costa inseriram um móvel da Tora Brasil, desta vez, uma mesa de refeições com capacidade para oito pessoas feita em madeira Pequiá. Apesar de ter sua superfície aplanada para poder cumprir sua função, a peça exibe borda orgânica, trazendo a perfeita imperfeição da natureza também para a mesa de jantar.